Rua Rio Maicure, 181/195 - Cotia-SP 11 4612-4575 11 4612-5016

Tecnologia RDP - Revestimento Dupla Parede

Tecnologia RDP - Revestimento Dupla Parede

Revestimento Interno em tanque instalado, com instalação de interstício de monitoramento.

A tecnologia inovadora e avançada em relação à recuperação e renovação de tanques, amplamente utilizada na Europa, consiste na aplicação “in loco” de um revestimento interno, de dupla parede, dentro de um tanque já alojado, que inclui, ainda, um sistema de monitoramento intersticial para detecção de vazamentos, de forma a transformar um tanque de parede simples em um tanque de parede dupla, mesmo nos tanques que já possuam a jaqueta externa.

Através desta tecnologia denominada RDP (Revestimento Dupla Parede) que, alem de renovar o tanque, introduz um espaço intersticial entre elas, onde é instalado um sistema de detecção de vazamentos, que sinaliza através de um sinal visível e audível, quando ocorre a fuga ou infiltração de liquido na câmara intersticial, constituindo assim um sistema seguro de monitoramento, de controle e de proteção permanente do tanque.

A tecnologia RDP pode ser aplicada em:

  • Tanques metálicos subterrâneos não estanques, que apresentem vazamento
  • Tanques metálicos aéreos não estanques, na base do costado;
  • Tanques metálicos com idade avançada cuja corrosão já tenha provocado possíveis reduções na espessura das paredes do tanque.

A aplicação da tecnologia RDP é especialmente indicada para tanques de armazenamento de hidrocarbonetos como gasolina, etanol, diesel, biodiesel e óleos, pois as características físicas dos materiais empregados garantem a aderência, elasticidade, resistência a tração, compressão, dilatação e estabilidade química, caracterizando assim ser plenamente compatível para aplicações aos combustíveis e seus aditivos, atendendo plenamente a norma ABNT NBR 15205:2011 que determina as características técnicas para aplicação desta técnica no Brasil.

VANTAGENS

  • Converte os tanques de parede simples para parede dupla, que inclui camada que proporciona um sistema permanente e seguro de detecção de vazamentos, por fugas ou infiltrações.
  • Este sistema elimina a possibilidade de contaminação do subsolo pelo hidrocarboneto armazenado, em razão da prevenção proporcionada pelo revestimento aplicado.
  • É compatível com os vários sistemas de detecção de vazamentos intersticial, aceitando a instalação de qualquer modelo disponível no mercado.
  • Caso a parede exterior venha a ser perfurarada, existe um revestimento de contenção antes de chegar a câmara intersticial.
  • A câmara intersticial criada se forma entre as duas paredes do RDP, conservando a proteção passiva interior do metal da parede exterior do tanque primitivo.
  • Em caso de perfuração da camada interior, existe a possibilidade da colocação de uma nova parede para recompor a câmara intersticial, estabelecendo um novo sistema de dupla contenção.
  • Tanto a primeira parede, a câmara intersticial e a segunda parede formam um sistema monolítico de um só corpo, pois são compostos de materiais idênticos composto de fibra de vidro e resinas, cumprindo plenamente as determinações técnicas definidas pela ABNT NBR 15205:2011.
  • Sendo monolítico não se produzem esforços e nem tensões que possam originar o desprendimento entre as capas da primeira e segunda parede que compõe os RDP.
  • A forma de construção do RDP aumenta consideravelmente a resistência mecânica do tanque, pois sua composição, por si só, já se auto estrutura devido a resistência dos materiais empregados em sua composição.

COMPONENTES

O conjunto está constituído por um tanque exterior já instalado, que será envolvido internamente por um novo revestimento de dupla parede, conforme a ABNT NBR 15205:2011.

A figura abaixo define detalhamento da construção do sistema RDP, sendo:

  • Parede do tanque que vai receber o RDP;
  • Primeiro revestimento ou camada inicial do RDP que é aderida ao tanque original;
  • Camada posterior ao primeiro revestimento que irá compor a primeira parede do RDP;
  • Tecido tridimensional, que caracteriza a câmara intersticial;
  • Camada com resina condutora; primeira camada da segunda parede;
  • Segundo revestimento;
  • Camada posterior ao segundo revestimento;
  • Camada azul posterior ao segundo revestimento;
  • Camada verde posterior ao segundo revestimento;
  • Camada final condutora aterrada para evitar energia estática no interior do tanque;
Tecnologia RDP - Revestimento Dupla Parede

A camada de tecido tridimensional 3D assegura a circulação continua de liquido em toda a extensão do tanque, pois nela é instalado o sistema de monitoramento para detecção de vazamentos, sendo possível que este monitoramento verifique a estanqueidade por meio de vácuo, pressão ou nível de liquido.